ATM | Associação de Investidores

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Error
  • Error loading feed data.
Comunicados

Este espaço, reservado a Comunicados, tem por objectivo estreitar o relacionamento entre a Associação, os seus Associados e o Mercado em geral, criando uma plataforma quer permita o desenvolvimento de uma comunicação próxima, rápida, organizada, pesquisável e adaptada às características e necessidades específicas de cada Utente.

O conjunto da informação disponibiliza nesta secção de comunicados procura proporcionar um melhor esclarecimento e informação relativa ao funcionamento da Associação, nomeadamente sobre as suas actividades, intervenções, desafios, objectivos e, assim, reforçar a ligação com os seus Associados e com o Mercado em Geral.

Receba os nossos comunicados  no seu correio electrónico. Basta indicar o seu endereço de correio electrónico no nosso formulário do Sistema de Difusão que encontra no  menu do seu lado direito.

Para visualizar Comunicados mais antigos por favor aceda aqui.



Investidores pedem CMVM mais forte

E-mail Print PDF

Associação de Investidores alerta que a credibilidade do mercado de capitais português é frágil.

Os sucessivos "casos em redor de operações de cotadas portuguesas não estão a passar despercebidos no exterior e poderão mesmo afastar investidores do país. A afirmação é do presidente da ATM - Associação de Investidores e Analistas Técnicos, Octávio Viana, que tem acompanhado de perto a maior parte das Ofertas Públicas de Aquisição (OPA) e também as privatizações, nomeadamente a da última fase da EDP - Energias de Portugal.

"Há operações que foram opacas", diz Octávio Viana, que contestou, em nome dos associados, inúmeras decisões e informações anunciadas tanto por entidades de supervisão, como a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), como por parte de empresas cotadas.

A mais recente polémica envolve a OPA da brasileira Camargo Côrrea sobre a Cimpor, que está agora nas mãos da Procuradoria-Geral da República (PGR), na sequência de uma queixa da ATM. "A OPA da Cimpor começou torta, acabou torata e no pós-OPA continua torta"., destaca Octávio Viana.

Mas não é caso único. A ATM levantou muitas dúvidas sobre a forma como foi feita a venda de parte do capital da EDP à China Three Gorges.

Read more...
 

ATM responde à CMVM relativamente à contabilização dos direitos de voto das ações próprias para efeitos de aquisição potestativa

E-mail Print PDF

ATM - Associação de Investidores e Analistas Técnicos do Mercado de Capitais responde à carta da CMVM datada de 1 de agosto de 2012, exclusivamente no que toca à questão das ações próprias serem consideradas como abrangidas pela Oferta no que toca aos direitos de voto, apesar de por Lei (al. a), n.º 1, do art.º 324.º do CSC) ser inequívoco que “enquanto as ações pertencerem à sociedade, devem considerar-se suspensos todos os direitos inerentes às ações, exceto o de o seu titular receber novas ações no caso de aumento de capital por incorporação de reservas”.

Face ao conteúdo da resposta da CMVM e tendo em conta que esta insiste em ter uma opinião única e exclusiva sobre a matéria que não é coincidente com nenhuma outra do conhecimento desta Associação e pondo em causa o próprio CSC, entendeu a Associação reagir à carta, reforçando o entendimento exposto nas missivas anteriores de forma remodelada, na esperança que depurados os argumentos consiga o regulador ver o elementar.

Last Updated on Wednesday, 08 August 2012 22:56 Read more...
 

Troca de correspondência com a CMVM no âmbito da OPA da Cimpor - alienação potestativa

E-mail Print PDF

ATM - Associação de Investidores e Analistas Técnicos do Mercado de Capitais tem privilegiado de um contacto próximo com a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a quem tem colocado e alertado para diversas questões relacionadas com a Oferta Pública de Aquisição (OPA) da Intercement (Camargo) sobre a Cimpor.

Na carta enviada ao M.I. Presidente da CMVM, o Senhor Dr. Carlos Tavares, datada de 04 de Julho de 2012, a ATM colocou diversas questões relacionadas com a i) interpretação do artigo 196.º do Código de Valores Mobiliários (CódVM) – alienação potestativa ii) prestação de informação falsa ao mercado relativamente aos resultados da Oferta, iii) contabilização de ações para os resultados da Oferta, nomeadamente no que toca aos direitos de voto abrangidos pela mesma e iv) direitos de voto da Votorantim enquanto objeto da Oferta.
 
Em carta datada de 01 de Agosto de 2012 a CMVM respondeu às questões colocadas de forma bastante completa e racional.

Last Updated on Wednesday, 08 August 2012 22:57 Read more...
 

CMVM diz que não teve intervenção no apuramento dos resultados da OPA sobre a Cimpor

E-mail Print PDF

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esclareceu que não teve qualquer intervenção no apuramento dos resultados da Oferta Pública de Aquisição (OPA) da InterCement sobre a Cimpor.

Numa informação divulgada na sua página na Internet designada "Resposta às perguntas mais frequentes sobre a OPA da Cimpor após a divulgação dos resultados" e datada de 13 de julho, o regulador afirma que "não teve qualquer intervenção no apuramento dos resultados" da oferta.

Na sexta-feira, o presidente da ATM - Associação de Investidores e Analistas Técnicos do Mercado de Capitais, Octávio Viana, disse à Lusa que tinha apresentou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma denúncia sobre suspeitas de manipulação de mercado depois da OPA sobre a Cimpor. Na denúncia, a ATM questionava também o facto de ter sido comunicada ao mercado informação "errada" sobre os resultados da oferta.

"Perante os primeiros resultados podia fazer-se um juízo fundamentado de que era possível, por parte do oferente, avançar com a aquisição potestativa. Perante os resultados retificados, esse pressuposto deixou de se verificar. Houve um erro", disse, na altura, Octávio Viana.

A CMVM afirma que os resultados da OPA foram divulgados no seu 'site', cumprindo o previsto no Código dos Valores Mobiliários.

"Porém, essa divulgação e o conteúdo dos comunicados é da exclusiva responsabilidade da entidade a quem incumbe o dever de a tal proceder, neste caso a Euronext Lisbon", acrescenta o regulador.

Last Updated on Monday, 16 July 2012 21:58 Read more...
 
More Articles...


Page 4 of 5

LOGIN DE SÓCIO

DIFUSÃO DE INFORMAÇÃO


RSS
YouTube
Junte-se ao nosso grupo
Junte-se à nossa rede
Siga-nos